terça-feira, 14 de março de 2017

A quem por aqui passar

Caros visitantes
Quero apresentar-vos desculpas pelo meu sucessivo silêncio.
O azar parece estar a simpatizar comigo e de vez em quando instála-se e atrapalha a minha disposição. Primeiro foi o meu marido a adoecer. Depois, decerto por simpatia ele dividiu comigo "a bichêza" e cá estou eu a sofrer e a aguardar que o antibiótico e afins façam efeito.O médico sabe porque é médico e nem valoriza, mas eu também sei porque estou a sentir. E a sentir a valer.

Várias vezes leio esta poesia, e sempre encontro nela uma beleza renovada.
Vou colocá-la e, com um beijinho oferecê-la a quem por aqui passar.

A Poesia é Silêncio

Não pares na palavra.Deixa o vento
Levar para as distâncias infinitas
O som de terra que te sai disperso.

Não prendas,com a fala,o pensamento.
És maior sobre o mundo,se não gritas
E deixas no silêncio o melhor verso.

Dor que se diz é dor desperdiçada.
Quando conversas,perdes-te no ar.
Ensina-te o Deserto coisas puras.

É mais bela uma lágrima calada
Do que todos os cânticos do mar
E todas as orquestras das alturas.

No silêncio é que Deus acende a luz
Mais fácil para entrar dentro de nós.
O silêncio tem graças de tesoiro.

Ama o silêncio em ti,como Jesus.
A prece das angústias não tem voz,
Mas o Senhor no céu a grava em oiro.

Benditos sejam os que a língua domem!
Dize-me tu se calas o que sentes,
Eu te direi se vales o que dizes...

A própria natureza avisa o homem:
- A flor vem do silêncio das sementes;
O fruto,do silêncio das raízes.

Faz com Deus,e contigo em oração,
Séria promessa,bem jurada e calma,
Como um profeta há séculos faria.

Escrever é violar a solidão.
Não escrevas. Poeta,cala a alma,
Não mates o silêncio da poesia !


(Assim escreveu,
Padre Moreira das Neves)

7 comentários:

O meu pensamento viaja disse...

Espero que recupere rapidamente, Dilita.
Um abraço.

Nouredini.'. Heide Oliveira disse...

Querida amiga.
Aceite as minhas preces e votos de rapida melhora. Que os Mestres lhe conceda a justa recuoeração.
Se ai estivesse, lhe faria um denguinho com chá e torradas.
Braça

Nouredini.'. Heide Oliveira disse...

Espero que esteja melhor. Tentarei ligar por estes dias.

Nouredini.'. Heide Oliveira disse...

Espero que esteja melhor. Tentarei ligar nos próximos dias.

Nouredini.'. Heide Oliveira disse...

Passando para o abraço costumeiro e votos de que vc e seu Olimpio estejam bem.
Saudades, braça

Fernanda Maria disse...

Dilite, primeiro espero e desejo que recupere rapidamente.
Não conhecia este poema e o seu autor e achei-o lindo também.

Um beijinho e as melhoras

O Toque do coração

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Desejo-lhe uma rápida recuperação e agradeço o poema.
Aguardo com curiosidade, novas birras.
Bom FdS