quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Os Presépios

Estamos em tempo de Natal, tempo de festa familiar, se não para todos, pelo menos para a maioria dos cristãos. Diz o poeta que o melhor da vida são as crianças, e eu acrescento que o Natal é, ou devia ser, dedicado sobremaneira ás crianças. Há algo de comum porque é celebrado um nascimento,uma criança nasceu, foi o menino Jesus.E no presépio, ali está Jesus bébé, uma ternura, como todos os bébés são.
Decidimos levar o nosso neto até Montemor-o-Velho (nossa Terra) para ver o presépio, erguido numa das salas do 1º andar da Igreja da Misericórdia.No rés do chão logo à entrada, damos de caras com um Pai-Natal que ao som duma musica alegre se bamboleia todo divertido. Subimos a escada de pedra ao encontro do presépio, este só diferente do tradicional porque tem movimento: as ovelhas circulam, a água que corre numa levada aciona a roda da azenha, no Castelo a porta abre e fecha, as luzes acendem, e até a sagrada familia se movimenta também. O Gabriel nos seus 9 anitos irrequietos, gostou de ver e tudo serviu para brincar. Dançou com o Pai-Natal lado a lado, e o avô fotografou. O dia era para ele, de modo que almoçámos num restaurante ali ao lado, e a seguir fomos ao castelo porque ele queria repetir a visita do ano passado. Estava um sol magnifico, e era ainda muito cedo para vir para casa. Por isso seguimos por estradas secundárias e atalhando, rumámos a uma localidade denominada Tocha, a dois passos da praia do mesmo nome, para vermos um presépio de rua,que estava situado numa praça ajardinada a dois passos da Igreja. Embora estático, gostei muito, pelo facto duma maior aproximação à realidade. Não recria Belém, mas não perde por isso, porque tudo ali está representado em tamanho natural, inclusivé o estábulo, as figuras humanas, os anjos, e os animais.Lá estão também os pastores e as ovelhas, os Reis Magos com os seus cofres dourados, e os respectivos camelos.
Resumindo, um dia agradável para recordar.
Desta vez não foi o Gabriel a fazer as fotos da ordem, foi o avô, que não teve mãos a medir quanto à exigência do neto, que gostava de ser fotografado em todo o sitio, e para isso juntou-se à Sagrada Familia no Presépio da Tocha.


Na segunda foto, um bocadinho do Presépio de Montemor-o-Velho.

                                      



3 comentários:

Eloah disse...

Querida e linda amiga!Feliz Ano Novo! É a nossa tentativa sempre nova de reencontrar nossos sonhos.Desejo que esta viagem que se reinicia juntamente com o novo ano venha revestida de momentos inesquecíveis e muitas felicidades.Bjs no coração Eloah

Jesus te ama! disse...

QUE DEUS TE CONCEDA UM FELIZ NOVO ANO CHEIO DE VITÓRIAS , SAÚDE , ALEGRIA E PAZ QUERIDA EM TUDO POSSA SER MAIS QUE VENCEDORA DIANA

Viviana disse...

Querida Dilita

Deve ter sido mesmo um dia lindo e memorável!
Que bom!

O tempo que "damos" aos netos é dos mais bem empregues...
Tive dois dos meus, aqui em casa,duas semanas.

Foi esplêndido!

Quanto á segunda foto...está magnífica!
Tão indo!

Desejo-lhe a si e a todos os seus, um lindo e abençoado ano de 2012.

Um grande abraço
viviana