sábado, 22 de março de 2014

O almoço de sábado

 Parece madeira mas são bocados de abóbora menina para ser cozinhada.
 Aqui já descascada, lavada e cortada em bocadinhos, pronta a ser cozida. Um pouquinho de água no fundo da vasilha, sal, e colocar ao lume.
Já cozida à espera de arrefecer um pouco para levar umas colheres de farinha, canela em pó e uma colher de azeite. A varinha mágica faz o resto. Depois novamente ao lume para uns minutos de fervura lenta, e mexida com colher de pau. Finalmente colocar em pratos individuais, para que cada apreciador  utilize a quantidade de açucar  que desejar.
São as papas de abóbora, um prato usado antigamente em especial nas casas dos lavradores, era considerado um mimo.
Mas duma maneira geral, toda a gente uma vez por outra fazia umas papinhas. Eu sempre gostei muito, e gosto, ao ponto de me servirem de refeição.
No entanto penso que poucas pessoas actualmente apreciem papas... perdeu de moda. Ou então estou a percipitar-me na afirmação.
Atrevo-me a dizer que experimentem, porque para além de tudo é uma comida saudável.

10 comentários:

Mona Lisa disse...

Adoro papas e doce de abóbora.

Nunca comi papas de abóbora. Vou ficar com a receita.

Beijinhos.

Ivone disse...

Amiga Tilita, gosto muito de abóbora, aqui em casa faço com carne seca dessalgada, e também o doce que é uma delícia!
Papas eu não fiz ainda, ou melhor, faço uma espécie de purê, cozida e amassada, pode ser que seja a sua receita, aqui se diz purê!
Abraços minha amiga, vamos indo trocando conhecimentos!

Viviana disse...

Querida Dilita

Mas que aspecto bom!

Acho que vou fazer umas papinhas de abóbora...

Ponho sempre nas sopas; dá um sabor e uma consistência especial.

Obrigada pela sugestão
Um abraço e uma boa semana
Viviana

zito azevedo disse...

Doce, sim, papas não me recordo...Com açucar, meu pai costumava comer papa de farinha de milho bem quente...O açucar derretia e ficava como papa com xarope...
De abóbora, tenho sudades das filhós de Natal da minha mãe...
Saude,
Zito

Manuel disse...

Eu adoro tudo o que é feito com abobora!
Pode por um bocadinho, ai no Blogue, para eu provar?
Era o que eu pensava, não dá!

dilita disse...

Obrigada Lisa por vir até ao meu cantinho.

Se gosta de abóbora, de certeza que apreciará as papas. Diga-me depois...

Beijinhos.


dilita disse...

Olá Ivone.

É sempre bem vinda!

O puré tem uma consistência diferente, as papas são mais finas, comem-se à colher.

Abraço e bons petiscos.

dilita disse...

Olá Viviana!

Espero que já tenha comido as papinhas de abóbora. Eu já comia novamente... gosto mesmo, servem-me de refeição.
Abraço.

dilita disse...

Olá Zito amigo

Também gosto dos vélhoses mesmo sem ser Natal...

Papas de farinha de milho,doces,não conheço. Conheço as papas de sopa de feijão com couves, feitas com farinha de milho. Acompanhadas com sardinhas salgadas assadas, ou então azeitonas. Também este prato caiu em desuso.
Abraço e bons petiscos.

dilita disse...

Viva Manuel

O blog já proporciona algo, mas não o suficiente no sentido de trocarmos espécies. Lamento, gostaria que provásse as papas de abóbora, e já agora o arroz doce também.

Entretanto, um obrigada, e volte sempre.