segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Uns dias no Paraiso

Eu ando como alguns relógios, sempre com atraso... As nossas férias no Algarve já quase estão esquecidas, e só hoje aqui vim falar delas. Mas mais vale tarde que nunca...
Pois eu tinha um desejo por realizar: -viver numa casa frente ao mar. Para residir em definitivo já não ia acontecer, de modo que um fim de semana, ou umas semanas de férias, seria a realização do sonho sempre adiado. Inesperadamente este ano aconteceu. Como adoeci, adiei o telefonema para garantir a mesma casa de sempre, e quando o fiz já estava ocupada. Porém o que parecia pouco agradável, termos de procurar casa, revelou-se simples e até favorável.
A sorte levou-nos de imediato para um quinto andar, com amplas varandas, e frente ao mar... Finalmente o sonho tornou-se realidade, foi mesmo surpresa agradável. Quando entrei na varanda, como eu fiquei contente... E nos dias seguintes que bons bocados de tardes eu ali passei, sentada a ler, ou a observar a maré que subia, e as gaivotas que voavam quase ao alcance da minha mão.
E também fotografei o que eu via lá do alto... Escolhi estas três fotografias.
 Estas casinhas pertencem aos pescadores,são para guardarem os apetrechos da pesca.
Aqui havia animação de rua todas as noites. Lá está o placar de publicidade, e logo depois a entrada para a nossa praia.
A maré tinha sido grande, deixou a areia molhada e feia, mas logo mais o sol a deixaria seca.

5 comentários:

Lilasesazuis disse...

Dilita, que delícia!!

Eu também só agora que estou postando fotos das férias em julho, ai na Europa...devido os acontecimentos, eu não tinha ânimo...

Como Algarve é linda e sossegada!!

As praias mais próximas de São Paulo, onde moro, ficam a uma hora e meia de distância e são super lotadas...nunca se encontra um lugar ao sol ou sujas, poluídas, com placas dizendo serem impróprias para banhos - lamentável!!

As praias mais bonitas e sossegadas, são bem distantes.

Mas, bom passar uns dias assim, bem de frente ao mar.

Todas as fotos estão lindas...adorei as roubadas também...kkkk...

Fez bem em tê-las roubado, são maravilhosas..perfeição da natureza!

Dilita, esta semana, minha mãe vai viajar para o interior...visitará parentes. Eu não irei porque tenho médicos o mês todinho...resolvi fazer tudo de uma vez. Mamys volta aos médicos em novembro, então vai aproveitar o intervalo para passear um pouco.

Quando ela voltar, vamos traçar o nosso roteiro de viagem...ela está animada para conhêce-la e eu também gostaria muito de abraça-la.., vamos ver...

Querida, tenha uma ótima semana,

fica com Deus,

beijinhos, meus e da mamys!

zito azevedo disse...

Eu tambem sofro do sindroma da ausencia de mar...É que não foi em vão que vivi numa ilha durante dezenas de anos, habituado a ver o mar todos os dias, várias vezes ao dia...A falta desse espectáculo provoca uma nosalgia que me obriga a frequentes visitas à marginal do Estoril...Coisas que a gente não consegue explicar...
Deixei uma surpresa no meu "arroz" com dedicatória, ontem...
Que a Paz seja consigo,
Zito

dilita disse...

Olá amiga Ligia

Fiquei contente com o seu comentário. Obrigada.
Vou responder em pormenor, mas por email.

Beijinho.

dilita disse...

Olá Zito amigo

Grata pelas suas visitas ao meu birras. Vou passar no seu arrozcatum e deixar lá um pouco de conversa.
Já vi a surpresa, gostei. Eu gosto muito destes mimos... Vou trazê-la para o meu blog.
Muito obrigada pela dedicatória e atenção para comigo.
Um abraço da Dilita

Clara Fernandes disse...

Belíssima fotos, as roubadas e as próprias!
Do teu lado, já sabia os dotes fotográficos, do lado do pai , só posso dizer que tem melhorado - vais ver que a convivência aperfeiçoou os dons!bjinhos