sábado, 3 de janeiro de 2015

O cão e o homem

 
Encontrei esta oração num blog que visito com assiduidade. Costumo pedir mas desta vez prevariquei, trouxe sem dizer nada. Eu sei que estou desculpada, por isso "abuso..."
O nome do blog é Presente.
A oração, uma chamada de atenção para o que podemos ser e não somos, e também para o comportamento do cão, os seus valores nem sempre tidos em conta.

23 comentários:

Ivone disse...

Que lindo ler isso, uma oração comovente!
Amei ler, minha sempre querida amiga Dilita, aproveito e deixo aqui os meus votos de um feliz ano novo repleto de realizações, que sejas sempre a pessoa linda que és!
Sua sensibilidade sempre me prende por aqui, portanto espero que continuemos amigas sempre!
Abraços bem apertados!

Mona Lisa disse...

Adorei ler a oração. Nem imaginava que houvesse,

Uma oração que toca!

Beijinhos.

Nouredini.'. Heide Oliveira disse...

Rezemos pois, que o desejo se cumpra!

dilita disse...

Obrigada amiga Ivone! Que hei-de eu dizer para retribuir tanta estima?
Só obrigada é pouco...

Bom Ano Novo para si também, e a afirmação do meu prazer de continuarmos amigas.

Abraço apertado.
Dilita

dilita disse...

Querida Lisa

Também para mim foi novidade. Achei tão bonita, comovente mesmo.
Abraço forte.

Dilita

dilita disse...

Olá amiga Nouredini

Esta oração, diz muito.E este paralelo é enternecedor.

Beijinho

Lídia disse...

GOSTEI DILITA
ORAÇÃO DO CÃO,DEU-ME VONTADE DE RIR, MAS....TENTANDO LER, A PROFUNDIDADE APAGA O RISO!!!

1 BEIJINHO E UM BOM ANO NOVO!!!

LÍDIA

Lídia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Manuel disse...

Muita bonita a oração e muito especial, pois o cão, pede para todos sem pedir nada para ele próprio.

Viviana disse...

Querida Dilita

Ah! mas quanto apreciei esta oração!

Quem terá tido esta excelente e verdadeira ideia!?

Vou guardar...

Um abraço
viviana

Viviana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Viviana disse...

Dilita

Já descobri o autor da Oração do cão:

Autor: Hebert Brokering (Norte-americano)

https://editoraideiaseletras.wordpress.com/

jair machado rodrigues disse...

Querida Dilita,há pouco tempo apareceu um cão na casa de minha mãe,eu estava lá e dei comida e água para ele, e fiz um carinho, ele deixou, e achei ele muito lindo,fiquei encantado...voltei para onde moro e trabalho, quando retornei para casa,duas semanas depois soube que o cão ganhou o nome de Teimoso, pois quando parti ele aparecia lá e corriam ele, e ele voltava,quando ele me viu correu em minha diração e choramingou algo,foi então que percebi que estava apaixonado pelo bixo...hoje ele é residente lá em casa,na casa da minha mãe, é fiél, guardião, um pouco irritado, mas já faz parte da família. Bela oração.
ps.Carinho respeito e abraço.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Querida Dilita, seu espaço é maravilhoso. Já estou te seguindo também. Sou suspeita em falar sobre os animaizinhos, pois temos 7 adotados e na chácara, as gatinhas veem sempre para criar por lá. Aí quando elas param de amamentar lá vamos nós para encontrar quem os queira amar. A oração que você postou é lindíssima. Grande beijo!

dilita disse...

Lidia amiga.

Compreendo que primeiro sorrisse,
mas depois...

Obrigada pelos desejos de bom Ano Novo, retribuo fazendo minhas as suas palavras para lhe desejar igual.

Beijinho.

dilita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
dilita disse...

Querida Viviana

Eu sabia que quando lê-se ia apreciar.

Desconhecia a oração, e claro o autor.
Obrigada por ter procurado e ter deixado para mim, aqui e no email.

Eu trouxe do blog (Presente) que também não identificou o criador da oração.
Beijinhos.

dilita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
dilita disse...

Olá Jair!

Fez bem em adotar o cãozinho. Êle não se esqueceu do seu carinho, e lá ia à sua procura; amigo leal!!!!! Ao contrário de alguns humanos, duros de coração, como ferro...

Abraço, e obrigada.

dilita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
dilita disse...

Querida Marli

Bem vinda pela vêz primeira...

Os animais merecem estima, e compreendem, e amam, só não falam, mas sentem como nós.

A Marli tem um "grupo" deles, esses são felizes, ainda bem.
Os gatos também são bons companheiros, e mais sossegados do que os cães. Animal é sempre companhia.
Beijinhos

dilita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tais Luso disse...

Se as pessoas soubessem do bem que um cãozinho faz a nós por certo não haveriam tanto os maus-tratos. Adoro cães e os defendo em qualquer ocasião. Bela oração, Dilita.
beijo!