domingo, 5 de abril de 2015

A Montanha e o Vale

«Sou alta» - diz a Amizade.
«Sou profundo» - diz o Amor.
E lembram bem, na verdade,
Montanha e vale, ao sol-pôr.
Pois antes que o sol resvale
Ao pélago, onde se banha,
Já dorme em sombras o vale
E há ainda sol na montanha.

(João Saraiva)

Caros amigos e visitantes
Já é dia de Páscoa, venho com atraso, mas venho - para vos apresentar os meus cumprimentos de Boas Festas, nesta Quadra Pascal. E desejar que a alegria reine em vossos lares, e nos vossos corações.
Aceitem ainda e também, o abraço da Dilita.

6 comentários:

Mona Lisa disse...

Agradeço e retribuo os votos de uma Feliz Páscoa.

Beijinhos.

jair machado rodrigues disse...

Sempre vou querer teu abraço querida amaiga Dilita, sempre é tempo.
ps Carinho respeito e abraço.

Viviana disse...

Querida Dilita

Olá, amiga!

Obrigada.

Sim, tive uma Páscoa muito linda, graças a Deus.
Espero que também tenha tido.

Tenho andado um tanto atarefada com várias coisas, mas de vez em quando tenho vindo aqui espreitar o seu cantinho, só que não tenho comentado.

Olhe, amiga, gostei muito deste poema da montaha e do vale. Vou pesquisar sobre o autor.

Um grande abraço e o desejo de um bom entardecer
Viviana

Marco Aurelio disse...

bom ve-la aqui novamente!
Obrigado pelas postagens.
Marco

Kátia Brito disse...

Oi, Dilita!
Venho conhecer seu blog,pois vi um comentário a seu respeito no blog de uma amiga,adorei seu cantinho. ...Muito acolhedor!
Amei o post anterior,lindss laranjas, uma verdadeira bênção tê-las à mão no próprio quintal e a história,muito interessante...
Passarei a te seguir, pous assim não te perco de vista! Feliz dia,beijinhos, Katia.

Clara Fernandes disse...

Conheci este poema há mais de vinte anos...
Achei-o sempre comovente...e , por alguma razão que eu não conheço , quis o destino que viesse a provar estes aromas da vida...
Contudo, muitos dizem que nem sempre a montanha conhece aquecer - se com o sol que vai ficando...