sábado, 28 de novembro de 2015

As malhas que as mãos tecem

Estive de visita nuns blogs, onde apreciei trabalhos de crochet e de tricô transformados em bonitas peças para vestir, nomeadamente vestidos, e camisolinhas. (há quem lhe chame blusas)
Peças mais fresquinhas para o verão, e outras apropriadas para usar nos dias frios que nos estão prometidos para breve.

Então lembrei-me de vos mostrar a vós "colegas na arte das farpas", duas peças que também tricotei à mão.

Esta é a mais nova, pois vou colocar também a mais velha. Elas (camisolas) são irmãs, mas não são gêmeas... Esta de cor rosada foi tecida com fio brilhante. 

Esta de cor de trigo é de lã fininha, chamada fio industrial. Para os canelados dos punhos e decote,teve de ser com dois fios de lã. Bem, e o ponto é conhecido, é o Pavão.

5 comentários:

Andre Mansim disse...

Muito bonito, Parabéns.
Tens muito bom gosto.

Andre Mansim disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Mona Lisa disse...

Belíssimas e trabalhosas.

Não sei fazer tricot. Era a minha mãe que fazia o que queríamos.

Beijinhos.

Viviana disse...

Querida Dilita

Mas que peças lindas!
Tão finas e tão atraentes...

Rendas fiz muitas...

Até hoje, a minha casa tem rendas feitas por mim, por todo o lado.
Para "a malha" nunca consegui ter muito jeito.
Daí, admirar quem sabe fazer.

Um abraço
Viviana

jair machado rodrigues disse...

Querida Dilita minha amiga e parente portuguesa, amei o título do post: "as malhas que as mãos tecem", o que deixa mais lindo ainda é saber que estas peças, tão mimosas, foram tecidas (assim eu se diz? ) por tuas mãos. O tempo, senhor brincalhão com nossas vidas...
ps. Carinho respeito e abraço.