quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Pelo Alentejo

Caros amigos, saudações para todos vós.

Afinal  acho que até me demorei.
Tenho de dizer que senti a vossa falta, e do computador também,
mas quem me dera voltar mais vezes...
Disse que ia à procura de histórias para contar, porém, não as encontrei...Trouxe alguns retalhos do Portugal antigo, (em fotografia) e mais algumas coisas que me prenderam atenção, e igualmente fotografei.
E agora vamos lá adivinhar, "onde estamos?"
 

5 comentários:

Ivone disse...

Lindas fotos amiga Dilita, pelo que vejo foram boas as férias!
Abraços apertados!

zito azevedo disse...

Não sei porque mas cheira-me a algo judaico...Aliás, do Alentejo eu adoro as planicies a perder da vista, que me lembram Angola e as chanas e anharas sem fim, com o capim ondulando ao compasso do vento manso, aquecido pelo sol inclemente e vivificante!
Seja bem-vinda!
Saudações amigas
ito

dilita disse...

Olá Ivone

Foram boas sim. O tempo esteve sempre bom para a praia.
Mas do que mais gosto é da viagem, com percurso alargado
de modo a conhecer novos lugares.
Beijinhos

dilita disse...

Olá Zito amigo,

Castelos temos vários, era difícil identificar só pelas pedras.
Pois, trata-se da entrada de Monsaráz, que vive dentro do seu castelo no
alto do monte.
O Alentejo, que muitos apontam como sitio enfadonho, tem para mim muito encanto. A planície imensa,espaço enorme de terra e céu, até me faz respirar melhor. Aquela calma invade-me de forma benéfica, é inesquecível.

Abraço, e grata pela visita.

Viviana disse...

Querida Dilita

Seja bem vinda, amiga!

Mas que fotos bonitas!
A máquina também deve ser boa...

Eu não advinhava...
Conheço muito pouco do alentejo.
Um abraço
Viviana