domingo, 20 de abril de 2014

O Rosário

Quando à noite contemplo taciturno
Estas contas antigas, o rosário
Das minhas orações,
Vejo em minh'alma o poema legendário
Dos velhos tempos das lonjínquas eras
De santas devoções.

A cruz ebúrnea, onde agoniza o Cristo,
É de um lavor subtil, que nos revela
Um génio magistral,
Obra de monge em merencória cela,
Piedoso artista há muito adormecido
Em velha catedral.

Tem séculos; talvez que nestas contas
Passásse outrora suas mãos esguias
A castelã senil,
Pensando triste nos ditosos dias
Em que a seus pés um menestrel vibrava
O mimoso arrabil.

Talvez que este rosário minorásse
As saudades da noiva lacrimante,
Que debalde esperou
Em cada nau, que vinha do Levante,
O seu donzel amado que partira
E nunca mais voltou.

Sobre a cota de um jovem cavaleiro,
Que o beijava por noites estreladas
Pensando em sua mãe,
Ele assistiu às guerras das cruzadas,
Atravessou talvez a Terra Santa
E viu Jerusalém.

Talvez alguma freira, em triste claustro,
De seus anos na doce primavera,
Só dele confiou
Seus loucos sonhos de falaz quimera,
E, apertando o rosário ao peito ansioso,
Consolada expirou.

Isto, o que leio no rosário antigo;
E, quando melancólico lhe beijo
As contas de marfim,
No ar escuto indefinido harpejo,
E então a crença, a mística toada,
Murmura dentro em mim.

 (Gonçalves Crespo)



Para todos vós visitantes e amigos, os meus cumprimentos, com os desejos sinceros de que vivam o Domingo da Ressureição em Paz e Alegria. E que o vosso Ovo de Páscoa venha repleto de doçuras e surpresas boas.
Feliz Páscoa, e um abraço.
Dilita.

14 comentários:

Nita Oliveira disse...

P░Á░S░C░O░A ...•°✿...✿º°。... F░E░L░I░Z
Gostei de ter passado por aqui. Vou ficar.
Beijo.
Nita

dilita disse...

Olá Nita Oliveira

Bem vinda pela vez primeira.
Grata pela visita,e pela promessa de voltar.

Retribuo votos de Feliz Páscoa, pois Domingo próximo também ainda é dia de comemorar a Festa da Ressureição.
Beijinho.

Nouredini.'. Heide Oliveira disse...

Obrigada pelos votos e esteja certa que sua amizade é um presente em todas as comemorações.
Abraços
Nouredini

zito azevedo disse...

Já lá vai, a Páscoa, mas desejando que o seu espírito nos ilumine todo o ano, aqui estou a fazer éco aos seu votos..
QUE A TRANQUILIDDE SEJA CONNOSCO!
Zito

Dorli disse...

Olá,
Espero que tenha passado bem a Páscoa.
Linda poesia para compartilhar
Beijos
Lua Singular

Manuel disse...

Vim provar um bocadinho desse ovo pascal.
O poema é lindo de um grande poeta (Gonçalves Crespo) infelizmente tão esquecido.
Obrigado pelo seu carinho!

dilita disse...

OLá Nouredini

Obrigada pela visita, e pela sua estima.
Beijinho.

dilita disse...

Zito amigo

Retribuo usando as suas palavras
"que a tranquilidade seja connosco."
Sempre,porque a desordem a nada de bom conduz.
Bom Domingo!

dilita disse...

Dorli

Fico contente por saber que gostou desta poesia. Obrigada pela visita.
Bom Domingo de Pascoéla!

Beijinho

dilita disse...

Caro Manuel

Grata pela visita, e por vir ajudar a comer o chocolate deste ovo farfalhudo.
E também por gostar desta poesia, como eu também gosto.

Bom Domingo!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei muito que se tivesse
registado no meu blogue e já
fiz o mesmo no seu.
Eu tenho vários blogues, hoje
posso dá-lhe o link de um que
não aceita seguidores, mas aceita
comentários.
Também já sou reformada e vivo
perto de Lisboa.Tenho 67 anos.
O blogue é:
http://sinfoniaesol.wordpress.com
Voltarei sempre que possa.
Bj.
Irene Alves

Manuel disse...

Vim visitar e comer, um pouco, do que resta desse ovo de Páscoa

dilita disse...

Irene Alves

Bem vinda pela vez primeira!

Irei ver este blog do qual mandou o endereço.

Obrigada pela visita.
Beijinho.

dilita disse...

Olá Manuel

Gosto de "o ver" por cá, e agradeço a visita.

Quanto ao chocolate, pena ser tudo na base do faz de conta... mas de ilusões também se vive, não é?

Abraço, e volte sempre.